segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Uma Paranoia


Muitos de nós já ouvi ou até mesmo já falou a frase – as pessoas só “me” procuram quando querem alguma coisa. Seguramente há pessoas que são “vampiras”, “sanguessugas”. Elas buscam amigos apenas com um único objetivo: drenar a energia física, mental, emocional e bens materiais de seus “amigos-vítimas”.

O fato de existir pessoas movidas apenas por egoísmo não nos isenta de ajuda-las em suas necessidades. Fazer algo bom para alguém sem esperar o retorno nos coloca num excelente caminho, e nos livramos das ilusões, e de muitas decepções.

Obviamente que haverá situações onde teremos que responder negativamente há algumas pessoas; não importa o quanto nós amemos tal pessoal. O "Não" pode revelar muitos sentimentos ocultos, inclusive nos livrar dos “amigos encostos”.

Não importa quantas vezes você já prestou socorro há alguém egoísta e interesseira o dia em que você não realizar seus desejos ou vontades, nesse mesmo dia você será nulificado no coração dela. Os dias vão passar, e se ela ver que você possuí aquilo que ela tanto necessita, vai te tratar com amor e carinho até conseguir o que quer. A sanguessuga sempre volta quando sente fome.

Sempre haverá interesses em qualquer relação, seja numa amizade, num casamento, no trabalho, na família, nos grupos sociais/religiosos, enfim [...]. Não devemos ignorar essa realidade da vida, pois corremos o risco de cair na paranoia, e vivermos “infelizes para sempre”.

Jonas Lima da Silva,

Santana, 03 de novembro de 2014
Postar um comentário