terça-feira, 16 de agosto de 2011

Multi-versos



Multi-versos

Sinto-a tão ausente de mim
Que chego querer transpor o espaço-tempo
E trazê-la para meu universo paralelo,
Onde todas as possibilidades coexistem.

Não usarei a força mecânica de meu corpo,
Mas a gravitacional de meu amor
Atraindo-a para mim, e nossa colisão será
Um cataclismo de sentimentos

Que dará origem a uma supernova
De amor.

Limax
Postar um comentário