segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Quem é o meu Deus?

O DEUS QUE É MEU DEUS!


Quem é o meu Deus?
Bastaria dizer: 
“Meu Deus é o Senhor!” 


Ou afirmar: 
“Meu Deus está em Cristo”—e, então, fazer um estudo bíblico sobre “Quem é Deus”. 


Mas não é isso que quero dizer. Quero falar de Deus em mim!


Portanto, nesse sentido, o “meu Deus” está crescendo. Digo, crescendo em mim!



Quem é o meu Deus?
Meu Deus é amor, pois antes de criar qualquer coisa Ele se ofereceu pela Sua própria criação!
Meu Deus é bondoso sobretudo quando me corrige e me disciplina, pois o faz a fim de mudar meus caminhos e meu sentir!
Meu Deus é manso, é humilde de coração, é suave, é leve e ensina com paciência!
Meu Deus não quebra o quebrado, não julga aquele que já se julgou, não lembra aquilo que a dor já clamou para esquecer!
Meus Deus é santo. Ele não se mistura com o mal. Ele tolera a maldade, mas não se faz cúmplice dela—um dia botará fim a todo mal!
Meu Deus é justo, mas não é justiceiro. Sua justiça maior é tornar justos os injustos!
Meu Deus é carinhoso, sabe fazer cafuné e oferece o peito para eu chorar!
Meus Deus é passional, é capaz de se irar, de me espremer, de ficar ofendido pelo meu descaso para com a Graça!
Meu Deus não muda, mas se arrepende; não tem surpresas, mas volta atrás; sabe tudo, mas se surpreende!
Meu Deus não quer ser Deus! Ele não busca essa posição! Ele é!
Meu Deus é extravagante, é chocante e tem prazer em criar o que ninguém conhece, e encontra prazer até em coisas que eu chamo de repugnantes!
Meus Deus tem gostos tão infinitos quanto assustadoras são as suas criaturas nos céus, na terra e em qualquer outro espaço ou dimensão!
Meu Deus pode esquecer tudo. Para Ele tudo o que já foi ainda não foi, e tudo o que será, para Ele já foi. Ele é!
Meu Deus é marido, é amante, é pai, é mãe, é amigo, é guerreiro, é brisa, é tempestade, é silêncio, é estrondo, é fogo, é água, é vida, é outras formas de vida—pois fez da morte uma passagem!
Meu Deus me assusta, me acalma, me apaixona, me aquieta, me põe para adiante e me faz parar!
Meu Deus ouve orações mas só responde como quer! Deixa eu querer e, por vezes, faz como a Ele peço! 
Meu Deus esconde Sua vontade de mim. E me pede que a conheça. Assim, meu Deus me ordena a viver e a aprender!
Meu Deus fala, mas só entendo quando Ele revela!
Meu Deus é fiel, mesmo quando sou infiel. Mas não tolera que eu o negue. Ele prefere a pior confissão de traição que a não admissão da verdade!
Meu Deus não se farta com devoções exteriores. Ele só aceita louvores do coração!
Meu Deus morreu por mim!
Meu Deus ressuscitou por mim!
Meu Deus vive em mim!
Meu Deus está em mim mesmo quando meus atos não estão Nele!


É por isto que Ele é bom, e eu não!
É por isso que Ele é Deus e eu sou apenas um homem!
Eu o amo porque Ele me amou primeiro!


Meu Deus só é meu porque me fez ser Dele!

Ctrl + C ; Ctrl + V do Blog do Caminho da Graça
http://blogcaminho.blogspot.com/2011/07/quem-e-o-meu-deus.html
Postar um comentário